Narratives of disaster

Na Fase 1, EXPLORING, destrinçamos as narrativas sociais que enquadram as nossas práticas partilhadas mais-que-humanas de viver com o fogo e de o experienciar. Seguimos o fio condutor dessas narrativas nos discursos institucionais, normativos e públicos e nas ações legislativas, das organizações de governança e dos meios de comunicação social.

Centramo-nos em dois grandes quadros narrativos: as políticas públicas e os meios de comunicação social.

Políticas Públicas

Recolhemos e analisamos instrumentos legais e normativos, bem como documentos oficiais e planos de gestão em torno dos incêndios florestais e da proteção animal em cada um dos três países. Na Austrália e no Brasil, ambos estados federais (ao contrário de Portugal), estamos a analisar os níveis federal e estadual.

Esta informação é compilada numa base de dados sobre políticas públicas, animais e desastres, que será atualizada no decurso do projeto, constituindo assim a base para um observatório sobre o tema. Esta base de dados será disponibilizada para análise científica secundária por estudantes e académicos, após o final do projeto.

Media

Recolhemos notícias dos meios de comunicação tradicionais (jornais e televisão), bem como materiais escritos e visuais das redes sociais, de cada um dos três países em estudo. Esta informação é compilada numa base de dados sobre meios de comunicação social, animais e desastres, que será atualizada no decurso do projeto, constituindo assim a base para um observatório sobre o tema. Esta base de dados será disponibilizada para análise científica secundária por estudantes e académicos, após o final do projeto.

Funded by the European Union (ERC, ABIDE, nº 101043231). Views and opinions expressed are however those of the author(s) only and do not necessarily reflect those of the European Union or the European Research Council Executive Agency. Neither the European Union nor the granting authority can be held responsible for them.